CIMI: NOTA DE SOLIDARIEDADE

                  O Conselho Indigenista Missionário – Cimi, Regional Norte I (AM/RR), vem a público manifestar solidariedade ao irmão Paul Michael John Thomas Mc Auley penalizado pelo governo peruano com o cancelamento de sua permanência no país sob alegação de ter participado em manifestações populares, promovidas por movimentos sociais do Peru contrários às políticas ambientais que favorecem os interesses do grande capital.

Irmão Paul reside no Peru há 20 anos e, atualmente, é presidente da Rede Ambiental Loretana – RAL, com sede em Loreto, cujo trabalho tem se voltado para informar e educar para promoção de uma consciência ambiental, reforçando o conhecimento das populações tradicionais na valorização dos recursos naturais, promovendo a sustentabilidade das comunidades rurais e indígenas, propondo alternativas frente ao avanço de grupos econômicos que não respeitam os direitos desses povos.
A Amazônia peruana, como de resto toda a região amazônica continental, é alvo de interesses de grandes empresas multinacionais petrolíferas, minerais e outras, e está nos planos de construção de grandes projetos, como hidrovias e estradas para facilitar o acesso dessas empresas aos recursos naturais. Tais grupos econômicos, apoiados pelos governos – nesse caso, particularmente, pelo governo Peruano-, querem  consolidar seus empreendimentos a qualquer custo. Esta é uma das razões pelas quais vários conflitos vêm ocorrendo, inclusive com massacres de indígenas e ribeirinhos.
Além disso, as lideranças populares são criminalizadas por sua oposição ao avanço do grande capital. Irmão Paul é, portanto, vítima desse tipo de ação por parte do Estado Peruano, que busca por meios respaldar interesses contrários aos de seus cidadãos.
O Cimi Norte I, nesta oportunidade, solidariza-se com Irmão Paul e com todos os povos da Amazônia Peruana que lutam pela terra, pelo direito a viver segundo suas tradições e pela garantia de serem consultados antes da implantação de qualquer projeto estranho aos seus interesses e objetivos, conforme previsto na Convenção 169 da OIT. Alertamos, ainda, que a defesa do meio ambiente no Peru deve ser assumida pelos brasileiros, pois muitos dos danos ali causados podem ter impactos em nosso território.

Manaus (AM), 05 de julho de 2010
Cimi Norte I (AM/RR)
A Coordenação

Comments