Curso ensinará elaboração de projetos para área cultural

Qualificar os trabalhadores para buscarem recursos para seus projetos culturais no Sistema Nacional de Cultura, incluindo tanto o trabalhador individual quanto suas organizações sindicais e familiarizá-los com os programas,  editais e os modelos de elaboração de projetos do Ministério da Cultura. Estes são os objetivos do curso que será realizado nos dias 11 e 12 de junho próximo no Sinttel-AM, ministrado pelo professor José Ribamar Mitoso. O curso se destina aos trabalhadores das mais diversas áreas. Ribamar Mitoso diz que “com esse curso pretendemos qualificar trabalhadores e trabalhadoras para usar a nova Lei sem eu favor”.
Desde 2004, no primeiro governo Lula, uma nova política cultural vem sendo construída junto com a sociedade civil e, muito especialmente, com trabalhadores da cultura, artistas, comunitários, etnias, mulheres, jovens e outros segmentos sociais. Esta nova política cultural, denominada de PROCULTURA, vem substituindo a antiga lei Rouanet ( de 1986 e refeita em 1991) e caracteriza-se por três eixos básicos: 1) Diversificação das fontes de financiamento, 2) incorporação de setores antes excluídos, com a democratização da cultura e 3) geração de emprego e renda.
A CUT-AM, que sempre participou do debate com os companheiros do movimento cultural, está promovendo um curso sobre esta Nova Lei da Cultura. A iniciativa é para todos que desejarem organizar projetos culturais para si, para seu sindicato ou para sua comunidade. Poderá ser um grupo de teatro ou uma biblioteca para seu sindicato, uma ciranda em seu bairro, um projeto de alfabetização, de inclusão digital ou  de defesa de direitos civis, incluindo gêneros, etnias, comunidades etc.
As inscrições podem ser feitas na sede do Sinttel-AM na rua Alexandre Amorim, 392, bairro de Aparecida, até no momento da abertura do curso, no dia 11 de junho às oito horas.


Comments