Povos indígenas do Vale do Javari buscam apoio para evitar extinção

Povos indígenas do Vale do Javari buscam apoio para evitar extinção

“Nosso medo é de sermos extintos. Tem comunidades onde mais de 80 por cento da população está contaminada com hepatite ‘b’”.  Assim o Marubo Jader Comapa, coordenador da União dos Povos Indígenas do Vale do Javari – Univaja apelou por apoio à luta por pressão ao Governo Federal por medidas urgentes e permanentes de atenção à saúde na região do Vale do Javari. Jáder falou a um grupo de acadêmicos e dirigentes de organizações populares e religiosas na manhã desta quarta-feira, 26, no auditório Rio Javari, da Universidade Federal do Amazonas, no lançamento da campanha “Povos Indígenas do vale do Javari: Unidos Pela Saúde, Pela Vida!”.
O coordenador da Univaja justificou que a campanha tem por finalidade mostrar à opinião pública brasileira e internacional a ameaça que paira aos indígenas daquela região. “A Funai (Fundação Nacional do Índio) nos abandonou e a Sesai (Secretaria Especial de Saúde Indígena) faz o mínimo. O governo está empurrando com a barriga a solução para nós do Vale do Javari”, protestou Jáder Comapa. Ele disse ainda que os indígenas não tem mais com quem contar pois até o Ministério Público está “de mãos atadas”.
No lançamento da campanha participaram ainda os indígenas Bush Matis, coordenador da Associação Indígenas Matis – Aima, e Vitor Mayoruna. Bush destacou que os indígenas “estão morrendo um atrás do outro” e que não existe posto de saúde para atender os Matis embora dirigentes de órgãos governamentais insistam que existe. Vitor Mayoruna, da aldeia nova Esperança, disse que já perdeu três primos. “Eram jovens que tinham uma vida pela frente”, enfatizou Vitor.
Também se pronunciaram, na ocasião, em apoio aos indígenas do Vale do Javari o pró-reitor de extensão e interiorização da Universidade Federal do Amazonas, Frederico Arruda e a coordenadora do Conselho Indigenista Missionário – Cimi, Edina Pitarelli. O grupo musical Tikuna, da comunidade Wotchimaucu, abriu o evento com apresentações musicais.
  Até o próximo domingo, 30, várias atividades serão realizadas na Universidade do Estado do Amazonas - UEA, Faculdade Salesiana Dom Bosco, Colégio La Salle, Colégio Santa Terezinha, além de participação na Caminhada Missionária que será realizada domingo à tarde.

Comments