Trabalho Decente para Jovens é tema de Fórum Nacional em Brasília (DF)


Nos próximos dias 3 e 4 de maio, Brasília (DF), Brasil, será sede do Fórum Nacional Trabalho Decente para os Jovens: Fortalecendo a Agenda Nacional de Trabalho Decente para a Juventude. O evento, marcado para ocorrer no auditório do Anexo I do Palácio do Planalto, reunirá organizações juvenis, autoridades governamentais, trabalhadores/as e empregadores/as para discutir o tema.

O Fórum é uma atividade organizada pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), pelo Ministério do Trabalho e Emprego e pela Secretaria Nacional de Juventude. Durante dois dias, os/as participantes terão a oportunidade de debater sobre questões referentes à Agenda Nacional de Trabalho Decente para a Juventude, além de demandas e propostas discutidas em conferências como a de Juventude e a de Emprego e Trabalho Decente.

A programação do Fórum ainda contempla as mesas temáticas: "Mais e melhor educação: ampliar o acesso e a permanência na educação de qualidade (Básica e Superior) e fortalecer o Sistema Público de Educação Profissional e Tecnológica”; "Inserção digna e ativa no mundo do trabalho: inserção dos jovens no mercado formal de trabalho com igualdade de oportunidades e tratamento”; e "Inserção digna e ativa no mundo do trabalho: conciliação entre estudos, trabalho e vida familiar e a melhoria da qualidade do emprego”.

O Fórum seguirá até o final da tarde de sexta-feira (4) com um resumo das discussões e "Caminho a Seguir”. A intenção é que as considerações contribuam com os debates tanto do Fórum sobre Emprego Juvenil - atividade promovida pela OIT que ocorrerá entre os dias 23 e 25 de maio em Genebra (Suíça) com o objetivo de discutir os desafios enfrentados pelos/as jovens no mercado de trabalho - quanto da 101ª sessão da Conferência Internacional do Trabalho, a qual ocorrerá no próximo mês, também na Suíça.

Trabalho Decente

De acordo com documento do escritório da Organização Internacional do Trabalho (OIT) no Brasil, o conceito de Trabalho Decente foi formalizado pelo organismo internacional em 1999 com o objetivo de promover um trabalho produtivo e de qualidade. "Ponto de convergência dos quatro objetivos estratégicos da OIT (o respeito aos direitos no trabalho, a promoção de mais e melhores empregos, a extensão da proteção social e o fortalecimento do diálogo social), o Trabalho Decente é condição fundamental para a superação da pobreza, a redução das desigualdades sociais, a garantia da governabilidade democrática e o desenvolvimento sustentável”, destaca OIT.

Ainda segundo o organismo, em 2011, a partir de trabalho tripartite, foi lançado no país a "Agenda Nacional de Trabalho Decente para a Juventude (ANTDJ)”, a qual apresenta quatro prioridades: mais e melhor educação; conciliação entre estudos, trabalho e vida familiar; inserção digna e ativa no mundo do trabalho; diálogo social: juventude, trabalho e educação.


Juventude e emprego


Além do trabalho decente, a preocupação do organismo internacional é com a quantidade de jovens desocupados/as. Segundo OIT, cerca de 75 milhões de jovens estão desempregados/as em todo o mundo. A juventude é a que tem mais dificuldade em conseguir um emprego e, em situação de crise, muitas vezes, é a primeira a ser demitida.

Fonte: Adiral/Karol Assunção

Comments